Loading...

A Munição da Paz - Adoock Ezequiel

A Munição da Paz - Adoock Ezequiel

Do Poeta potiguar natural de São João do Sabugi, formado em Letras pela UFRN, Adoock Ezequiel, o poema A Munição da Paz. O próprio poeta recita o seu trabalho onde podemos acompanhar no vídeo abaixo:



Se você quer remover
Crime da sociedade
Precisa só entender
De paz e fraternidade
Transformando nossa Terra
Num lar sem ódio e sem guerra
Respirando liberdade.

Não existe armamento
Que acabe com o mal
Esse velho pensamento
De porte individual
Já conduziu muita gente
Agir de forma dolente
Com uma bala fatal.

Se você quer melhorar
O mundo em que você mora
Comece então a olhar
Você por dentro e por fora
Ajude alguém que precisa
De tênis, calça e camisa
A sua vez é agora..

Vamos respeitar o irmão!
Acabar com o preconceito
Não machuque o coração
Todos têm o mesmo direito:
Negros, gays, transexuais
São todos essenciais
Pro mundo ser mais perfeito.

Armar cidadão do bem
É conversa afiada
Um cidadão que vem
Com uma arma empunhada
Age pior que um bandido
Na hora que está munido
Com ódio, não pensa em nada!

Pra se combater o crime
Que assola a humanidade
Basta construir escolas
Em cada comunidade
Acabar com as mazelas
Não é batendo panelas
Que promove a igualdade!

Retirando da cachola
Disse então Darcy Ribeiro:
“Se não construir escolas
Para o povo brasileiro,
Não teremos subsídios
Pra se construir presídios”,
Disse assim esse mineiro!

Tem muita gente zombando
Desse pensamento sério
E fica até duvidando
Achando ser impropério
Ao invés de educação
“Quer construir mais prisão
Pra não ter mais cemitério! ”

Que tolice meu irmão!
Só podem ser retardados!
Isso é uma contramão
Pra se governar os Estados
Os cemitérios estão cheios
De criminosos sem freios
Desses presídios lotados.

Quem faz gestos de arma
Com os dedos de sua mão
Estimula o ódio e alarma
O rancor de uma nação
Perde amigos de outras datas
Arrocha os nós das gravatas
De toda a população.

O tal Gigante acordou!
Ouvi dizer nos jornais
Mas ele se levantou
Com dores estomacais
Vomitando preconceito
Cego sem andar direito
Destruindo nossa paz.

Vamos espalhar o amor
O revólver nunca mais
Descarregar o tambor
Com a munição da paz
Com cartuchos de esperança
Educar cada criança
Pro mundo ser mais capaz.

Hadook Ezequiel
Literatura 2018604234631631402

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

RECENTES DO QUE ACHA?

+ VISTOS NO QUE ACHA?